DICA – Três filmes sobre Inteligência Artificial e Ciência de Dados

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Os filmes de ficção científica apresentaram uma visão sobre o uso da inteligência artificial para o mundo, a IA já faz parte do nosso cotidiano e vem facilitando a vida das pessoas em muitos setores. Nos filmes a visão da inteligência artificial costuma ser mais exagerada, mas a ficção já realiza isso em diversas temáticas, por isso o importante é se divertir e refletir com as histórias. Listamos três filmes sobre Inteligência Artificial e Análise de Dados capazes de inspirar, ensinar e provocar reflexões.

Her (2013)

Já pensou em se apaixonar por um robô? Nesta história, Theodore, um escritor solitário de meia ideia, acaba comprar um novo sistema operacional para seu computador. O software (dublado pela Scarlett Johansson) é um avançado assistente pessoal (como a Siri e o Google Assistent) e da interação entre ambos, surge um relacionamento bem íntimo e Theodore acaba se apaixonando.

O filme nos ajuda a refletir se a constante análise dos nossos dados pode ser capaz de nos manipular ao ponto de nos apaixonarmos por uma máquina. Vale ressaltar também a boa contextualização do filme a partir da nossa própria realidade tecnológica.

Chappie (2015)

            O impacto que os robôs trarão para a sociedade é uma questão para se refletir com essa história. O filme retrata um futuro próximo, onde a polícia de Joanesburgo, África do Sul, é reforçada com a inclusão de robôs combatentes, ou seja, máquinas capazes de matar sem interferência de um ser humano no controle. Em dado momento do filme, o criador desses robôs-policiais consegue desenvolver o que chamamos de IA geral (um sistema com capacidade de aprender sobre qualquer assunto) e carrega tal sistema em um de seus robôs (Chappie). Esse android acaba sendo roubado por criminosos e é “ensinado” a roubar. A trama vai se desenvolvendo em torno do que o Chappie aprender a fazer.

   Transcendence — A revolução (2014)

            Esse filme retrata tanto a computação quântica e nanotecnologia quanto a inteligência artificial. Na história, o Dr. Will Caster (interpretado por Johnny Depp) é um grande pesquisador no campo da IA e vem conquistando grandes avanços na área. Esses avanços o tornam o principal alvo de extremistas anti-tecnologia, que, por medo do trabalho do Dr. Caster, tentam mata-lo e destruir suas criações. A partir desse ponto ele. leva a tecnologia a um patamar totalmente novo, com objetivo de salvar sua própria consciência.

Um dos grandes receios da humanidade é retratado no filme, a singularidade (que o personagem de Depp chama de transcendência), que é quando a tecnologia supera o ser humano.

 

Veja também últimos posts.

Você sabia que as empresas que aderem à automatização de processos têm como benefícios a redução de custos e, de quebra, ainda ajuda a preservar o meio ambiente? A sustentabilidade promove economia de energia, papel e outros recursos. Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com a eliminação do papel por meio da tecnologia, é possível evitar o desperdício de 46 milhões de quilos de papel por ano no Brasil, o que corresponde a uma economia de 1,5 milhão de litros cúbicos de água.
Digitalização de Documentos é o processo de conversão de documentos físicos em formato digital, através de avançadas maquinas e softwares. Esse método facilita o acesso aos documentos da empresa, pois além de saber onde eles estão armazenados, também estarão disponíveis em formato um digital. Além disso, a tecnologia permite que você consulte as informações de forma ágil, prática e eficiente. Deixando seus documentos organizados e seguros, seja por ordem de importância ou qualquer outra denominação que você desejar.